Terça, 29 de Setembro de 2020 02:01
62 992250155
Política VALE ALIMENTAÇÃO

Governo Caiado descumpre acordo e não vai pagar vale alimentação retroativo à fevereiro em julho

Em nota, o Sintego-Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Goiás, lamenta o fato de que Ronaldo Caiado mais uma vez descumpre um acordo feito com os servidores da educação.

19/07/2019 12h43 Atualizada há 1 ano
Por: Cláudio Bertode Fonte: Sintego e Seduc
Governo Caiado descumpre acordo e não vai pagar vale alimentação retroativo à fevereiro em julho

 

Desde quando tomou posse, Ronaldo Caiado vem fazendo acordos sobre o vale alimentação de fevereiro de 2019 e não cumpre.

Depois de manifestações e greve, os professores e demais profissionais da educação, aceitaram perder o vale alimentação de janeiro e Caiado prometeu que iria pagar o retroativo a fevereiro. O problema é que por várias vezes, o Governo Caiado vem descumprindo o acordo. 

 

Lembrando que além do vale alimentação de janeiro e o de fevereiro, o Governo não pagou também a alimentação de junho. Já são R$ 1500,00 de perda para cada profissional da educação. 

 

NOTA DO SINTEGO

 

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o auxílio-alimentação retroativo a fevereiro não será pago na folha de julho, mas na folha de agosto. 

 

Em publicação nas redes sociais, o sindicato lamenta: 

 

“Mais uma vez o governo do Estado mostra seu descaso com o/a servidor/a e descumpre  o acordado, de que os/as profissionais da categoria recebam o retroativo de fevereiro, como anteriormente anunciado e também o de junho na folha do mês de julho.”

 

Na mesma nota, o Sintego afirma que “o vale alimentação retroativo a junho continua previsto para ser pago na folha deste mês.”

 

http://sintego.org.br

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.