Domingo, 27 de Setembro de 2020 23:12
62 992250155
Polícia Mundo Hacker

Brasileiros criam programa perigoso aplicativo que rouba dados

A falsa atualização de WatsApp engana a vítima e rouba todos os dados.

29/08/2019 23h09 Atualizada há 1 ano
Por: Cláudio Bertode
Brasileiros criam programa perigoso aplicativo que rouba dados

 

Uma matéria do O Globo, traz uma informação alarmante. Brasileiros criam programa poderoso que se disfarça de atualização de outro programa, por exemplo watsApp, inclusive o aplicativo criminoso consegue enganar a loja do Google Play e aparece como uma atualização, quando a pessoa instala, o app malicioso tem acesso a todo o conteúdo do celular da vítima, mesmo senhas de banco, etc.

 

A matéria de O Globo

 

RIO — O nome é parecido: “Atualização Whats App v2.0”, com o mesmo logotipo do WhatsApp, apenas com as cores trocadas para o cinza e o amarelo. Ele circula na rede como uma correção do aplicativo original para uma vulnerabilidade amplamente noticiada pela imprensae chegou a ser publicado na loja Google Play, mas é na verdade um poderoso malwarecriado por brasileiros para o roubo de dados de usuários de smartphones Android.

 

Batizado como BRata (Brazilian RAT for Android), o malware é uma ferramenta de acesso remoto (RAT, na sigla em inglês) que dá aos criminosos controle total sobre os aparelhos infectados. Ele foi descoberto pela Kaspersky em janeiro e apresentado publicamente nesta quarta-feira, durante a Conferência Latinoamericana de Segurança da empresa de segurança cibernética, que acontece na Argentina.

 

 

Compare:

 

— Embora o BRata tenha como alvo o Brasil até o momento, ele tem potencial para atacar usuários Android na região e em qualquer parte do mundo — explica Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe de Análise e Pesquisa Global da Kaspersky na América Latina.

O principal método de distribuição é por versões falsas de aplicativos conhecidos, como o WhatsApp. Os grupos criminosos que estão por trás do malware usam alguns vetores de infecção, como notificações de sites comprometidos e mensagens pelo próprio WhatsApp ou SMS, além da publicação em sites para downloads de aplicativos para Android e na própria Google Play. Na loja de aplicativos do Google, a versão falsa do aplicativo alcançou 10 mil instalações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.